queers & queens 2013 – TPJS?

No ano passado rolou o Queers & Queens, festival cujo principal objetivo é fortalecer a luta contra a homofobia, para isso ele reúne bandas do underground que se enquadram nessa proposta – cada grupo tem, ao menos, um integrante gay.

O fest conta com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e acontecerá ao longo do mês de Março.

A lista de atrações ainda não foi liberada, mas posso garantir que tem muita coisa boa e que já passou por aqui, a única já divulgada foi a Teu Pai Já Sabe?, que falamos de seu Agora Sabe em Janeiro. [ATUALIZANDO, acabam de divulgar a programação completa: queersandqueens.com.br]

Vamos tentar aos poucos falar com todos os grupos, nem sei se será possível porque são mais de 20 atrações, mas começaremos com o TPJS?, de Curitiba/Maringá/PR.

Confira abaixo a conversa com o vocalista Mamá, que esteve no Q&Q 2012… Ah, e atenção Cerrado, o TPJS? vai passar por Brasília e Goiânia em breve!

qandq2013

– Quando sua banda foi formada e como você define o som dela?
Nossa banda começou em meados de fevereiro de 2008, se não me engano. O som se define como um punk rock/hardcore com influências que vão de Gorilla Biscuits, Limp Wrist, Pansy Division, entre outras…

foto: Felipe Brancher [flickr.com/shernobyl]
mama_tpjs

– Pra vocês, o que significa tocar num evento como o Q&Q?
Pra gente é de extrema importância tocar em eventos mais direcionados ao público queer/gay, pois somos uma banda queer. No primeiro em que tocamos foi muito positivo, e construtivo. Conhecemos várias pessoas que curtiam o nosso som há muito tempo, mas não tinham tido a oportunidade de ver a gente ao vivo ainda, e nem nos conhecia pessoalmente. Foi uma troca de informação muito valiosa. Sempre tocamos em São Paulo, mas muitas vezes o público que vai no Q&Q nem fica sabendo ou está fora desse “eixo” que foi organizado… Então tocar no Q&Q foi algo bem gratificante!

– Ter um festival punk e gay com o apoio do Governo do Estado de São Paulo reflete mudanças na sociedade?
De certa forma reflete um pouco sim! Com passos de formiga, mas acho que está tendo sim uma mudança… Não só na sociedade, como no próprio meio gay, que ainda vê essa “cena” punk gay com estranheza. Infelizmente o meio gay é uma reprodução da sociedade, seguem padrões para “serem” aceitos nela, e não se ligam de que assim perdem sua liberdade real.

qq2013

– Que tal as outras bandas do fest?
Então, até onde tô sabendo vão tocar várias bandas que eu gosto, de amigos e amigas que amo demais e fortalecem muito o cenário queer daqui do Brasil. Agradecemos muito ao Shamil [organizador] por comprar essa ideia de fazer o fest, acreditar nele, e na gente também.


– Quais são os próximos planos?
Agora em março sai o segundo EP 7″, lindinho, colorido, com capa, encarte, letras e tudo mais pela No God No Masters Distro [nogods-nomasters.com/nogodsnomasters/], que é a distro do pessoal do TuNa [tunapunkrock.com]. Vamos tocar aí, e tenho certeza de que vai ser bacana demais, e dias 29, 30, 31 faremos uma tour pelo Cerrado – três dias, quatro shows – organizada pelo Foca [Nerds Attack!], Lagarto, Poney, Bianca, e mais uma galera muito gente fina de Brasília e Goiânia que apostou demais nesse corre pra gente! E é isso, valeu Queri… Nos vemos em Sampa! Up The Queerpunx!

Mais informações: queersandqueens.com.br | facebook.com/QeQFestival | teupaijasabe.bandcamp.com | nogods-nomasters.com

foto: Felipe Brancher [flickr.com/shernobyl]
mama_tpjs2

Notícias relacionadas:
Queers & Queens – Entrevista com Shamil, organizador do Festival com Teu Pai Já Sabe?, Dominatrix, La Revancha, Tuna, Depois do Fim, Comodoro Truffaut, H.E.R.O e Hellsakura
Queerpunx – Teu Pai Já Sabe? – Agora Sabe!
Tudo Tudo – Tour do Los Crudos pelo Brasil 2013
Dia Internacional Contra a Homofobia – Limp Wrist
Gays ou não, vieram – Entrevista com: Todd Kowalski, do Propagandhi
Pintocore – Entrevista com Indayara Moyano e Estela Homem, do Infect
Dúvidas Genitais – Por que o pinto cresce?
chivetarama 2 com Maguerbes, Morto Pela Escola, Facada, The Black Coffins, Zero Zero, Os Bambinos Selvagens, Desenmascarado, Lê Almeida, Motor City Madness, Merda, Renegades Of Punk, Os Estudantes, Leptospirose, Medialunas e Sujeito A Lixo
Letra e Música [3] – The Renegades Of Punk – As Coisas Mudam

12 pensamentos sobre “queers & queens 2013 – TPJS?

  1. excelente ideia e o material de divulgação tá classudo, muito bem trabalhado. a entrevista também ficou muito boa, espero que você consiga fazer com todos ou com quase todos os participantes.

  2. Ótima iniciativa, que tenha mais uns 800 milhões de eventos desse tipo. Homofobia é uma coisa muito escrota, tal como qualquer racismo entre outros. Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s