chupa restart

Pensa numa banda com integrantes que têm entre 13 e 15 anos, grava e produz suas próprias músicas (próprias) e ainda faz covers de clássicos como Cólera, Ratos de Porão e Replicantes, e ainda Maguerbes (fi!) e Twinpine(s).

Esse é o Revoltzsp, de Americana/SP, que tá se preparando pra fazer seu primeiro lançamento.

Neste sábado (25/08) eles tocam na Choque Cultural (Rua João Moura, 997, Pinheiros) dentro da #SHN2012 e com entrada gratuita.

Antes disso, conversei com Tiago (guitarra/voz) pra conhecer o Revoltzsp, e que mostrou ter muito mais conteúdo que diversas bandas inclusive veteranas, olha o papo que ele mandou: …não damos tanto valor a nomes, mas sim às músicas, ao que elas falam. E é isso, porque se você se apegar a um nome você pode ser traído, mas se for se apegar à uma música, não. Uma música vai ser sempre uma música, por isso não interessa se ela é do Joy Division, do Frank Sinatra, do Roberto Carlos ou do Rogério Skylab. Resumindo: o que interessa é a música e o sentimento que ela transmite, aí sim vale a pena!

Clique aqui e confira a entrevista completa… E, ah, chupa Restart!

ps* nunca achei que fosse entrevistar alguém 20 anos mais novo que eu!

19 pensamentos sobre “chupa restart

  1. “não damos tanto valor a nomes, mas sim às músicas, ao que elas falam. E é isso, porque se você se apegar a um nome você pode ser traído, mas se for se apegar à uma música, não. Uma música vai ser sempre uma música, por isso não interessa se ela é do Joy Division, do Frank Sinatra, do Roberto Carlos ou do Rogério Skylab. Resumindo: o que interessa é a música e o sentimento que ela transmite, aí sim vale a pena!”

    Sem palavras pro gênio que proferiu essas palavras, e eu não estou sendo irônico.

    Uma das coisas que eu mais me envergonho é de ser adolescente nessa época que parece que todos (ou pelo menos a maioria) dos adolescentes são totalmente uns IDIOTAS. Pode ser até que o som não agrade a todos, mas a postura e o pensamento desses moleques em relação a música, me faz ter menos vergonha de ser jovem, e saber que ainda há pessoas da minha “geração” que não são completos idiotas. 🙂

    • total, MV, juro que quando caí na realidade que o autor dessa frase é um menino de 15 anos fiquei completamente arrepiado, de verdade!!
      🙂

      falou tudo, MV, o som neste caso pode ser um detalhe, no sentido de que dá pra entender quem não curte, mas não dá pra deixar de ver como o Tiago (e os Revoltzsp) tão dando um banho de atitude em diversas gerações!
      🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s