baby, A Baba!

Apesar de a internet ser um veículo de informação rápido, não é sempre que temos acesso a determinadas regiões do nosso próprio país. Às vezes conhecemos bandas que estão “do outro lado do mundo” e sequer sabemos da existência de alguma que estão tão mais “perto”.

Não tomamos ciência nem que exista um cenário e pessoas que se empenham em fazer a coisa toda funcionar: montar bandas, apoiá-las, lançá-las, lutar para abrir e manter um local para ensaios e shows, enfim, aquilo tudo que é preciso para a engrenagem se mover. E é isso que faz o A Baba de Mumm-ra, em Palmas, Tocantins.

Conversei com o vocalista Satanic Pig, vulgo Porkão, que demonstra grande suporte e dedicação ao cenário de sua região, inclusive através da Tendencies Rock — que engloba festival, loja, estúdio, selo etc.

Ele tá vindo com seus comparsas para São Paulo, onde tocam amanhã, dia 14/05, no Espaço Impróprio com Inkognitta, Leptospirose, Western Day e Macgyver The Animal.

No sábado, dia 15/05, é a vez de invadirem a Virada Cultural — próximo à Rua Mauá — onde se apresentarão com bandas de todos cantos do Brasil, do Acre ao Rio Grande do Sul (mais informações aqui). No domingo, 16/05, eles vão para São José dos Campos onde dividem o palco do Hocus Pocus com Galinha Preta (DF), novamente Leptos e Inkognitta, e a local Lockfist 669.

Pela temática das músicas dá para ver que o A Baba de Mumm-ra não é o tipo de banda que agradaria aos politicamente corretos, mas através da entrevista, Porkão mostra que arregaça as mangas e faz o que muito engajadinho de “cidade grande” nem sonha em fazer! Ah sim, e quem mandou eu perguntar sobre a origem do nome do grupo!

Entrevista: Satanic “Porkão” Pig (A Baba de Mumm-ra)
por Ricardo Tibiu
Fotos: MySpace

Quando o A Baba de Mumm-ra foi formado e quais as principais influências?
Foi formada em meados de 2005, e como tocamos uma mistura geral, são muitas as influências, mas vão aí as principais: Anal Cunt, Suicidal Tendencies, Odair José, Darkthrone, Toasters, Falcão, churrasco, cerveja e brega!

Como você definiria o som da banda?
Definição pra Baba é brabo (risos), sacou o trocadilho?! Mas a gente se denomina “Profano Bode Core” ou “Black Metal Brega”.

Vocês estão vindo fazer uma série de shows por São Paulo. Vão tocar tanto no Espaço Impróprio (dia 14/05) quanto na Virada Cultural (dia 15/05) e ainda vai rolar São José dos Campos no dia 16. Quais são as expectativas para esses shows e como rolou o contato para participar da Virada Cultural?
As expectativas não poderiam ser melhores, estamos muito empolgados! O contato para a Virada Cultural foi atraves da ABRAFIN, a entidade colocaria 15 bandas no evento e teve uma votação pra definir três bandas por região e A Baba tava lá no meio (risos), claro que fizemos nossa campanha também… Mas foi votação da Região Norte!

Uma vez o Renato, da Estrondo Hardcore, me deu um adesivo da Tendencies Rock, ele disse que era uma loja. O quê ela é na verdade e o quê ela representa para o Tocantins?
Cara, o Tendencies começou há nove anos como a realização de um sonho de um roqueiro — eu. Primeiro veio a loja — com CDs, camisetas, tattoos, piercings, acessórios etc –, como ninguém acreditava em uma loja de rock no Tocantins, depois de um ano tudo legal e melhorado eu resolvi fazer um festival pra comemorar a sobrevivencia. Daí, surgiu o Tendencies Rock Festival, três anos depois veio a locura total: vou montar um bar pra fazer shows e afins, esse é o Tendencies Music Bar, depois veio o estúdio de ensaios e assim é hoje!

Por falar nisso, como andam as coisas no cenário independente de Tocantins? Tem muitas bandas, locais para tocar, selos etc?
A cena, em matéria de shows, tá muito bem servida, tá tendo bastante. Realizamos três festivais no ano, ainda tem outros que apoiamos, tanto em Palmas quanto agora alguns no interior do estado. Bandas tem umas dez muito boas e em condições de tocar em qualquer evento nacional, local pra tocar é o Tendencies basicamente, selos estamos agilizando uns intercâmbios e na sequência lançaremos bandas.

Não poderia deixar de perguntar sobre o nome da banda, a Baba viria em decorrência de alguma pancada dada pelo Lion? (risos).
Cara, o nome da banda na real surgiu de um acontecimento pornográfico, vou resumi-lo pra ti: estava eu com uma garota desinibida numa sala, sozinhos, eu estava bastante embriagado e a digníssima estava fazendo um bom e velho oral, quando a galera queria entrar na casa não sei porque cargas d’água eu estava chegando no “momento bom da coisa” eu dei aquele gritão, “espera aí que já tô lançando A Baba de Mumm-ra”, no caso na face da digníssima, então A Baba é literalmente uma porra!

Quais são os materiais que vocês têm lançado até então e quais os próximos planos?
Temos lançado uma coletânea pela Prefeitura de Palmas, um 4 way split com quatro bandas de Sampa, Cuiabá e Campo Grande [Nota do editor: respectivamente, Subcut, Venial e Dor de Ouvido], temos um show gravado e pronto pra sair em DVD, e vamos lançar a obra completa até setembro o “ABABÁ”, CD + DVD + camiseta + caneca + saquinho de sangue. Obrigado pelo apoio e estamos à disposição. Baixaria sempre!

Links relacionados:
www.myspace.com/profanobodecore
www.tendenciesrock.com.br

43 pensamentos sobre “baby, A Baba!

  1. Vou chegar amanhã, espero que de tempo de ver os caras!!
    A explicação do nome da banda é a melhor, ehehehe!!!

    Corinthians-Tocantins!

    Abrax Tibix

  2. Mais uma banda, que possuie um frontman digno, e ligeiramente bonito, diga-se de passagem…

    eu fiquei meio assustado bixo…esses manos, vieram aterrorizar a capital esse final de semana..ehhehehehe

  3. “Não poderia deixar de perguntar sobre o nome da banda, a Baba viria em decorrência de alguma pancada dada pelo Lion? (risos).
    Cara, o nome da banda na real surgiu de um acontecimento pornográfico, vou resumi-lo pra ti: estava eu com uma garota desinibida numa sala, sozinhos, eu estava bastante embriagado e a digníssima estava fazendo um bom e velho oral, quando a galera queria entrar na casa não sei porque cargas d’água eu estava chegando no “momento bom da coisa” eu dei aquele gritão, “espera aí que já tô lançando A Baba de Mumm-ra”, no caso na face da digníssima, então A Baba é literalmente uma porra!”

    kkkkkkkkkkk..rachei agora.

  4. Porra mano..curti o som deles.

    uma coisa vc tem razão: “há muita banda boa no brasil”…

    nego fica o dia todo vendo MTV, ouvindo rádios Teens..e lendo capricho, e depois reclama que num tem banda boa..só tem emos, porra tem interNERD pra que caraio??

    como disse uma vez o mestre Gustavo Black Alien: ” a revolução não será televisionada”..ele disse isso ou algo que tenha o mesmo impacto que isso..nem sei se foi ele que disse..mas fica aqui registrado, esse pequeno desabafo em relação a isso tudo

    abrax

    • verdade, MV, em todo e qualquer canto do mundo tem e sempre terá alguma banda boa escondida… é só achar!
      🙂

      MV e seus belos comentários!
      …ele disse isso ou algo que tenha o mesmo impacto que isso..nem sei se foi ele que disse..mas fica aqui registrado…
      😀

  5. Pois é rapá…Tenho a banda há uns dez anos e por incrível que possa ser, é longe do eixo Rio-São Paulo que as coisas realmente acontecem. Tem muita coisa boa no Norte, Nordeste e Centro Oeste. Fui no Ceará e a molecada de lá dá a vida pra ver um showzinho de rock, enquanto que por aqui você rala pra organizar alguma coisa e na hora o evento fica vazio.(Não estou falando dos emos e coloridos e afins, que sempre sempre ficam lotados). Acho que a galera RECLAMA demais e FAZ de menos, mas mesmo assim, o underground sempre traz ótimas surpresas !

  6. Show de bola a iniciativa do cara, parabéns pela matéria e fazer um 4 way com o subcut e o dor de ouvido é uma honra. Vou ver qual é do Venial e é claro do Baba de Mumm-rá. Abraço

  7. Pingback: pig burner ou book destroyer?! | chiveta ——¬

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s