leptosmerdose

Existe uma doença, transmitida pela amizade, isso só pode ser: Leptosmerdose!

A letra acima não existe, é uma paródia chivetana de uma bela canção do Merda presente no split Lecker!, lançado para divulgar a Spreading Brazilian Diseases In Europe Tour com Leptospirose e o já citado Conjunto de Música Rock em outubro de 2007.

Eles tinham cerca de 30 shows agendados pelo Velho Continente, depois de oito shows — antes de completar o restante ainda arrumaram tempo pra tomar dura da polícia em Amsterdã, capital mundial da fumaça –, quase partiram dessa pra uma melhor: bateram a van!

Deu merda!

No mesmo ano saiu o livro Guitarra e Ossos Quebrados, do bragantino Quique Brown, onde ele faz seu diário de bordo alucinante e divertido. Já no prefácio, um tal Ricardo Tibiu rebatiza a turnê de Breaking Brazilian Bones Tour e os cafajestes agora roubam esse nome para o documentário do giro!

Os cúmplices Binho Miranda e Rogério Japonês de Merda — ou CruzCredo Filmes –além de se apropriarem indevidamente do título, fizeram um trabalho sensacional e transformaram alegria, tristeza, risos, lágrimas (e fumaça) em um documentário.

leptosmerdose

O DVD deve sair em dezembro deste ano, mas antes rola uma tour conjunta com exibição do filme e muito power violence favela e jazzcore psicodélico ao vivo!

Enquanto isso a gente aprecia duas amostras: Parte 1 & Parte 2.

Existe uma doença, transmitida pela amizade, isso só pode ser: Leptosmerdose!

23 pensamentos sobre “leptosmerdose

  1. Cara o livro é demais, agora to na pilha de ver esse documentário. Esses picos que eles tocaram parecem ser muito fodas. Aliás, te mandei um e-mail lá meu véio, chegou o Cd e as tranqueiras. Lindimais!

    Abração Tibiu!

  2. Gostei do livro, “equecelente” como ferrero rocher, e pans. Pans é uma gíria tão esquisita, não acha, Tibúrcio?

    Então, lembro de quando despedi dos caras, inclusive, você e sua pequena estavam no pico, onde rolou um dos melhores concertos do Merda! Lembra, bixo?

    Lembro que na época foi tenso, saber que a van dos caras virou, ninguém sabia de porríssima nenhuma, mas aí, agora ver isso na película, vai ser irado. Depois penso em publicar no Zinismo, meu blóder!

    Abrêice!

  3. 1. completamente!
    🙂

    2. verdade, Bokaa! Ferrero Rocher é bom demais!
    😉

    foi um show lindo num dia feio, com pessoas feias, mas memorável!
    😀

    3. todos estamos, Zaza!
    😉

    4. Rumo ao Oscar!, boa Beto!
    🙂

    5. o Homem Monstro! criatura linda, né Zaza?!
    😉

    6. iiiiih, Rogério, esse Conjunto Merda sempre amarelando, hein?!
    😉

    7. vai ser o DVD do ano, sem dúvidas, MV!

  4. os merdas, ops digo, o Merda já amarelou da tour, Arthur, dá uma zoiada ali em cima o que o maldito oriental disse!
    🙂

    mas o DVD vai rodar o mundo, então passa por Fortaleza, certeza!
    😉

  5. 1. pessoas das mais diversas partes do Brasil, escutem o oriental e entrem em contato com o Quique!
    🙂

    temos amigos/leitores em tudo quanto é canto, não custa dar aquele toque!
    🙂

    2. seria lindo, MV! jezuis te ouça!

    3. Rogério, veja seu e-mail e entra em contato com o Olido pelo amor de Jah!

    4. belíssima idéia, Rafael! as bandas poderiam fazer um swing e usar o nome de Leptosmerdose mesmo! eles já me roubaram o nome pra colocar no documentário!
    😉

    5. MV, se ele não te escrever — porque é um vagabundo de/do Merda — me fala que eu passo o contato pro Quique que é MUITO mais agilizado!
    😉

  6. Nas periferias de João Pessoa/Paraíba Estado de Merda, também sofremos com a Leptospirose! Como há males que vem para o bem esperamos ansiosamente a chegada de mais essa doença tão tenebrosa que assola as favelas!!!

  7. Vou escrever, eu acho. Usar “eu acho” nos finais de frase é sempre muito bom né… tira toda credibilidade. jejejejejeeje Em último caso envio os contatos para Mister Quique Brown. jejejejeje

    Valeu rapeize.

    abrá

  8. Pingback: entrevistospirose « chiveta ——¬

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s